6/04/2009

ANTÍDOTO - Ações Culturais em Zonas de Conflito

O Itaú Cultural e o Afroreggae promovem durante o mês de junho uma série de atividades culturais ligadas ao projeto ANTÍDOTO. O projeto tem como proposta promover debates, refletir, compartilhar experiências e alternativas para a produção cultural em áreas de conflitos sociais, religiosos, étnicos, raciais e suas consequências na transformação da vida das comunidades, das pessoas e grupos sociais que as habitam.

Arnaldo Antunes, Jards Macalé, AfroReggae, Lirinha (do grupo musical Cordel do Fogo Encantado), o escritor Ferréz, líderes sociais das comunidades Alagados, Salvador (BA); Vigário Geral (RJ); Paraisópolis, bairro da zona sul (SP); grupo Pombas Urbanas do bairro Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo (SP), entre outros, se juntarão aos convidados estrangeiros do Afeganistão, Canadá, Líbano, Nigéria, Sudão, além do Brasil para se apresentarem no Itaú Cultural.

04 junho, quarta-feira, às 20h.

Documentário: "Ferréz Literatura e Resistência" . Debate com o autor após a projeção (54 minutos).

Local: Itaú Cultural - Avenida Paulista, 149
Entrada franca. Ingressos distribuídos a partir das 19h30 (247 lugares).
O autor: Ferréz é autor dos livros Capão Redondo; Amanhecer Esmeralda; Manual Prático do Ódio; e Ninguém é Inocente em São Paulo (todas editadas pela Ed Objetiva) com mais de 100 mil cópias vendidas. Seus livros foram publicados em Fraça, Itália, Espanha, Portugal, entre outros países. Saiba mais sobre o Ferréz acessando http://www.ferrez.blogspot.com/
Sobre o documentário
Realizado pela 1DASUL http://www.1dasul.com.br/ (os mesmos produtores de 100% Favela) apresenta a vida do escritor Ferréz, um dos criadores da nova literatura marginal. O DVD de 54 minutos acompanha as suas palestras, intervenções e passagens por palcos e projetos, em comunidades no Brasil e na Itália, França, Alemanha, Portugal e Espanha, sempre com foco na literatura. O documentário também traz depoimentos de amigos e parentes e participações como a de Chico César, Preto Ghóez, Lourenço Mutarelli, Lobão e Eduardo (Facção Central), além de extras com o processo criativo do autor e os videoclips, "Periferia Lado Bom" e "Judas", ambas faixas compostas e cantadas pelo próprio Ferréz.

dia 05 sexta-feira, 20h
Lançamento do Documentário "Selva de Pedra – Fortaleza Noiada"Direção do Preto Zezé / CUFA – Ceará. Debate com o autor após a projeção.

O autor
Francisco José Pereira, o Preto Zezé, além de produtor cultural e educador, é coordenador-geral da Central Única das Favelas de Fortaleza (CUFA) e membro do Conselho Nacional de Juventude.
sobre o documentário
É um vertiginoso mergulho na cena do crack na capital do Ceará e todas as suas implicações sociais. A obra contextualiza históricamente o seu uso em Fortaleza, traça um paralelo entre o movimento da cidade antes do seu surgimento e depois, e analisa o processo de drogadicção dos jovens. O resultado é um mapeamento da estrutura do mercado, as pessoas que dele participam, seu funcionamento, organização, códigos e leis internas, e uma análise apurada sobre a realidade que envolve esse complexo problema.
Confira o restante da programação no site do Itaú Cultural.

Um comentário:

  1. Vai ser bem bacana! Lançamento da 1DASUL filmes na cena!

    ResponderExcluir